Inspiram as pessoas a desenvolver soluções de organização ganhando tempo, bem-estar e qualidade de vida, para que sejam felizes! Já conhece o nosso parceiro Home-Opimizer? Estivemos à conversa com Susete Lourenço, a fundadora marca, certificada em organização profissional pela International Association of Professions Career College e a primeira Professional Member em Portugal, da conceituada NAPO – National Association of Productivity & Organizing.

Susete, a Home Optimizer define-se como um “empresa de consultoria que ajuda a encontrar soluções criativas para simplificar a vida, através da organização e optimização de espaços, de documentos e rotinas diárias”. Como é que uma casa organizada faz a diferença na vida de uma pessoa?

Faz as pessoas serem mais felizes. Permite a funcionalidade do espaço, encontrarem o que precisam sem grande esforço, poupar tempo e dinheiro. Por isso o meu livro se chama “Casa Organizada, Vida Feliz”, porque só organizando a casa, vivendo a casa, acabamos por ter uma vida mais tranquila e até mesmo com menos discussões com o marido, a mulher, os filhos,… E depois estamos mais à vontade para receber os amigos, é tudo mais fluído: receber, estar, e voltar a colocar no sítio.  E digo até as coisas mais simples como os tachos e panelas. Tudo com o seu sítio.

Pode parecer estranho mas existem pessoas que não recebem amigos em casa (excluíndo a questão da pandemia) porque têm vergonha de receber, porque não sentem que a casa esteja organizada.

E não sabiam por onde começar?

Não. Por isso existimos. Como organizadores ajudamos as pessoas a perceber “para que lado se devem virar”, por onde têm de começar, por que divisão ou tarefa. Isto varia de casa para casa, mas sobretudo, de pessoa para pessoa. Um exemplo prático: imaginemos um prédio em que todos os andares “Esquerdo” são estruturalmente iguais; ao entrarmos em casa de cada pessoa do apartamento “Esquerdo” do prédio a organização deveria ser semelhante. Mas isso não acontece. Cada casa é totalmente diferente da outra porque o espaço é organizado de forma diferente. Porque não organizamos da mesma forma (e muitas vezes não organizamos de todo!).

E quem quer também fazer decoração?

O nosso foco é a organização dos espaços mas temos uma decoradora que trabalha connosco e nesses casos fazemos um trabalho conjunto. Por exemplo, ainda há pouco tempo tivemos um caso, em que a cliente queria organizar a roupa mas também construir um closet para a colocar. Nós fomos perceber que roupa a cliente tinha, se é mais formal ou informal, se há mais ou menos sapatos, e de que forma organizar, enquanto a decoradora concebe a parte do closet. É um trabalho conjunto.

Fazem também consultoria on-line. Em que consiste?

Já tínhamos este serviço antes da pandemia e que ficou muito reforçado nesta altura. As pessoas de repente estavam forçadas a estar em casa, queriam organizar e não sabiam como o fazer. Fazíamos então através de vídeo-chamada, a pessoa tira fotos ou mostra em vídeo, e damos sugestões muito concretas. Por exemplo, uma das nossas clientes queria organizar o closet e não sabia como. Tivemos uma conversa prévia, para perceber as rotinas, as necessidades, o porquê de não se sentir bem e depois a seguir fizemos um plano de trabalho e o acompanhamento do mesmo. A cliente foi as nossas mãos. Conforme as situações ou casos pode ser só uma ou duas chamadas ou mais. Estamos sempre cá para acompanhar. Atualmente já podemos fazer das duas formas: online ou presencialmente nas casas dos clientes, com todas as medidas de cuidado.

Notaram com a pandemia mais interesse no vosso serviço?

As pessoas foram obrigadas a parar em casa. Normalmente as pessoas precisavam da nossa ajuda porque não tinham tempo; de repente passaram a ter mais tempo e principalmente a ter de organizar toda a família no mesmo espaço. Chegámos a dar até alguns workshops sobre a questão do Home-Office e de como organizar estes espaços. As casas não esticaram e a família teve de se adaptar durante vários meses.

Como é que o vosso trabalho pode ajudar um cliente da PMR?

Existem vários pontos de ligação. Por exemplo, numa fase de mudança, de alguém que compra uma casa ou até que coloca a casa à venda mas só de pensar na mudança fica horrorizado. Então nós podemos ajudar em todo o processo da mudança, podendo até ser um serviço chave-na-mão: a pessoa diz-nos o que quer e não quer, ajudamos ao “destralhar” que é sempre oportuno nestas mudanças, organizamos toda a mudança e estamos no novo local para ajudar a organizar tudo na casa nova. Mas também podemos sempre ajudar só numa fase do processo e, por exemplo, organizar tudo o que está na casa nova.

Outra área em que colaboramos é o da “Organização e Luto”. Quando as pessoas perdem um ente-querido e é preciso colocar a casa à venda podemos ajudar as pessoas a escolher com o que querem ficar e podemos depois organizar o que fica para venda, para doação ou, caso não esteja em bom estado, para reciclagem. E a casa fica pronta para ser vendida. Se necessário temos também alguns parceiros de limpeza e pequenas obras que podem fazer esses serviços.

Como é trabalhar com a PMR Imobiliária?

É fantástico. Já fui cliente da PMR e agora parceira. Entendemo-nos muito bem desde sempre, é uma relação de muita confiança mútua no trabalho de ambas as partes porque sabemos que estamos a aconselhar bem os nossos clientes e é uma vantagem para todos, sobretudo para os clientes.

Pode adquirir o livro “Casa Organizada, Vida Feliz” nas livrarias habituais (Fnac, Wook, Bertrand, entre outros) ou no site da marca.